segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Colorado conquista sul-americano de clubes em Santos e mira no Mundial de Clubes 2017

A equipe do interior do estado, Colorado Futsal conquistou no sábado, dia 1º de outubro, a mais importante conquista de sua história desde 2004, quando foi fundada, o time amador de Jundiaí venceu o 38º Campeonato Sul-Americano de Clubes de Futebol de Salão Clássico AMF e agora já mira a sua participação no Mundial de Clubes que será realizado em Barcelona, no mês de maio, com a participação de 16 clubes de países distintos.


Com a recente conquista, o Colorado entrou para o seleto grupo de Palmeiras, Sumov, Bradesco e Perdigão que já conquistaram nos anos 70 e 80 títulos para o Brasil. O feito histórico dos meninos de Jundiaí e região ficam mais evidentes quando destacamos que fazia 26 anos que um time brasileiro não conquistava a taça de campeão nas regras clássicas do esporte.

Foram 12 meses de preparação para o Sul-Americano, já que o foco da equipe nas regras AMF era retornar a competição sul-americana, quando participou pela última vez em Mendoza, na Argentina.
Atual campeã Paulista nas regras AMF e campeão do torneio nacional ‘Vicente Scherma’, ambos em 2015, a equipe do Colorado acumula títulos e participações nas regras da Associação Mundial de Futebol de Salão.

Para a 38ª edição do campeonato sul-americano, o Colorado Futsal teve seis reforços, incluindo o destaque Wellington Moraes, ex-Miguelópolis no Sul-Americano 2015, além de pratas da casa e talentos da região.

No sorteio realizado na cidade de Avaré, na sede da Colônia de Férias da Fecomerciarios, a equipe caiu na chave A, juntamente com a uruguaia Club Jave, argentina Magallanes e paraguaia Sportivo José Meza.

A estreia foi na belíssima Arena Santos, no dia 26 de setembro, marcada pela vitória por 4 a 2, num jogo bastante disputado. O time voltou no segundo jogo ainda mais focada e enfrentou a força e tradição paraguaia, derrotando o Sportivo José Meza por 5 a 1 e carimbando passagem para a semifinal. O jogo derradeiro foi contra o forte Magallanes e saiu derrotado por 3 a 2, mas com a semifinal definida. Os jogos aconteceram no SESC Santos.

Na semifinal, o Colorado foi brilhante, derrotando a equipe uruguaia, sensação do campeonato, Los Abstemios por 4 a 2, carimbando de forma inédita do time na grande final.

A Arena Santos foi o palco da finalíssima entre a tradicional equipe do Simón Bolíviar diante da garra e talento do Colorado. Numa partida diferente das outras realizada pelo time brasileiro, a equipe foi surpreendida com o gol paraguaio logo no primeiro minuto, porém, o Colorado ainda teve força para empatar no primeiro tempo.

Na segunda etapa o panorama não mudou e a equipe representante do Paraguai seguia melhor e fez mais dois gols chegando aos 3 a 1. Porém, não faltou garra e determinação para que o Colorado alcançasse  o empate, sacramentando em 3 a 3 e o jogo para a prorrogação emocionante.

O goleiro Blablet fez grandes defesas impedindo os astros do futebol de salão paraguaio de aumentarem a vantagem de gols sobre o Colorado. Com os nervos a flor da pele e o coração na ponta dos pés, o Colorado jogou de igual para igual na prorrogação e foi mais firme nas cobranças de penalidades, tendo o atleta Luizinho a incumbência de bater a última cobrança, determinando e decretando o fim da hegemonia paraguaia e o início da brasileira. Pelos pés dos atletas do Colorado, o Brasil voltou por cima no futebol de salão clássico AMF. Agora é Brasil.

O time se preparara para defender o título paulista na terceira edição e vai em busca do título da 2ª Taça Brasil de Clubes, que acontece em Aparecida no mês de dezembro.


Porém, o principal objetivo é mesmo a conquista do Mundial de Clubes, em Barcelona, em 2017

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Uma conquista que vai ficar marcada pra sempre na história do Futsal AMF, Parabéns Colorado!

    ResponderExcluir